O dom de atuar e se expressar com o coração

Compartilhe:
Eduardo Shor, da reportagem do Vida Mais Livre
O título da novela das seis da Rede Globo, cujo último capítulo foi apresentado em janeiro deste ano, era Caras e Bocas. Mas um dos principais assuntos relacionados à trama do autor Walcyr Carrasco diz respeito aos olhos. Mais especificamente, aos olhos da atriz Danieli Haloten. Com deficiência visual, ela interpretou a personagem Anita, com o mesmo tipo de deficiência.
Danieli, que nasceu em 1980, perdeu completamente a visão aos 17 anos, por causa do glaucoma, uma lesão no nervo ótico. O processo foi gradativo. Desse modo, adaptou-se ao problema aos poucos. Nessas condições, superou os obstáculos para se formar em Artes Cênicas, na Universidade Federal do Paraná, e Jornalismo, na Pontifícia Universidade Católica do estado.
“A maior dificuldade é encontrar livros didáticos em braile ou formato digital. Muitas vezes, temos que pagar a mais para produzir um livro assim, com objetivo de suprir a deficiência das instituições de ensino”, conta Danieli, que recebe os textos de sua personagem em braile.
O primeiro trabalho em televisão foi em 1999, na TV Comunitária. No ano seguinte, apresentou o Danieli Multhi Show, na Band. Quando o programa saiu do ar, passou por cidades entre Curitiba e São Paulo, em busca de emprego, nos canais de TV.
“Nas cidades, seria interessante alertar, de alguma forma, para obstáculos que a bengala não detecta, por estarem localizados acima da cintura, como telefones públicos e determinadas lixeiras. Identificar o sexo correspondente ao banheiro, em braile, também ajuda. Outra medida interessante seria a criação de campanhas de conscientização da sociedade, relacionadas às leis de trânsito e a presença do cão-guia”, exemplifica.
Digite “Danieli Haloten” no YouTube e confira as participações da atriz na novela e em programas de TV.
Nem Helena, nem Leblon
 
Na novela da Rede Globo Viver a Vida – ainda no ar – não é apenas o bairro carioca do Leblon ou a tradicional personagem Helena, do autor Manoel Carlos, que roubam a cena. A atriz Alinne Moraes vem arrancando elogios do público na interpretação de Luciana, que sofreu um acidente de ônibus e ficou tetraplégica (sem os movimentos da altura do pescoço para baixo).
A gravação da cena foi realizada em três partes. O plano geral do momento que antecedeu o acidente, na estrada, foi filmado na Jordânia, entre Petra e o deserto de Wadi Rum, durante dois dias de maio. As cenas dramáticas dentro do ônibus foram gravadas nos estúdios especializados em efeitos especiais, do Projac. A capotagem do coletivo e o resgate foram filmados em Itaguaí, no interior do estado do Rio.
Por motivos de segurança, apenas um dublê, que dirigia o veículo, participou da cena da capotagem.

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *